Em união com todos os Santos Anjos

"Sanctus, Sanctus, Sanctus. Dóminus, Deus Sábaoth Pleni sunt caeli et terra Glória tua. Hosánna in excélsis. Benedíctus, qui venit In nómine Dómini, Hosánna in excélsis.

sábado, 16 de outubro de 2010

"Quem quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-Me"(Mt 16,24)

Foi por este caminho que o Senhor conduziu aqueles que escolheu: "Quem quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-Me"(Mt 16,24).


Como o tocador de guitarra afina as cordas para harmonizar os sons, assim DEUS prepara os instrumentos que escolheu para que o eco da Sua Mensagem chegue afinado aos confins da terra.

Iniciou Deus a preparação dos instrumentos que escolheu, quando  despreocupados, os pastorinhos rezavam e brincavam, fazendo passar na sua frente, suave e lentamente, como se fora uma nuvenzinha branca de neve, mais brilhante que o sol, com figura humana, que houvesse descido desprendendo-se do firmamento, atraindo-lhes o olhar e chamando-lhes a atenção.

- "Que é aquilo?" Interrogavam-se entre si as pobres crianças.
- "Não sei."

E com certeza, ainda hoje, eu não sei. Mas os acontecimentos que seguiram levam-me a crer que seria o nosso Santo Anjo da Guarda, que sem se manifestar claramente, nos ia preparando para a realização dos planos de DEUS. Fala a Irmã Lúcia em: "Como vejo a Mensagem através dos tempos e dos acontecimentos, Irmã Lúcia de Jesus e do Coração Imaculado, Edição Carmelo de Coimbra Secretariado dos Pastorinhos".

Neste pequeno trecho, buscamos exemplificar a função do nosso Santo Annjo da Guarda. Segundo a Escritura, os Anjos são mensageiros de Deus, "heróis fortes que executam suas ordens, obedecendo sua palavra" (Sl 103,20), colocados a serviço do seu desígnio salvífico, "enviados a serviço daqueles que deverão herdar a salvação" (Hb 1,14).