Em união com todos os Santos Anjos

"Sanctus, Sanctus, Sanctus. Dóminus, Deus Sábaoth Pleni sunt caeli et terra Glória tua. Hosánna in excélsis. Benedíctus, qui venit In nómine Dómini, Hosánna in excélsis.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Nasceu o Salvador!



“Havia nos arredores uns pastores, que vigiavam e guardavam seu rebanho nos campos durante as vigílias da noite. Um Anjo do Senhor apareceu-lhes e a glória do Senhor refulgiu ao redor deles, e tiveram grande temor. O Anjo disse-lhes: «Não temais, eis que vos anuncio uma boa nova que será alegria para todo o povo: hoje vos nasceu na Cidade de Davi um Salvador, que é o Cristo Senhor. Isto vos servirá de sinal: achareis um recém-nascido envolto em faixas e posto numa manjedoura». E subitamente ao Anjo se juntou uma multidão do exército celeste, que louvava a Deus e dizia: «Glória a Deus no mais alto dos céus e na terra paz aos homens, objetos da benevolência (divina)». Depois que os Anjos os deixaram e voltaram para o céu, falaram os pastores uns com os outros: «Vamos até Belém e vejamos o que se realizou e o que o Senhor nos manifestou»”.
                                                           [Lc 2, 8-14]

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Então é Natal.



"E por nós homens e para a nossa salvação
desceu dos céus
e encarnou pelo ESPIRITO SANTO
no seio da Virgem MARIA
e Se fez homem!"

Por nós...
Por ti e por mim!
Fez-Se homem! JESUS fez-Se homem... por nós!


Só podemos silenciar, adorar e agradecer!
Votos de um Santo Natal e um abençoado Ano Novo.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Quarto Domigo do Advento



 "Ora, a origem de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, estava prometida em casamento a José e, antes de passarem a conviver, ela encontrou-se grávida pela ação do Espírito Santo. José, seu esposo, sendo justo e não querendo denunciá-la publicamente, pensou em despedi-la secretamente".        
                                                                              - Mt 1,18-24


Mas, no que lhe veio esse pensamento, apareceu-lhe em sonho um Anjo do SENHOR, que lhe disse: «José, Filho de Davi, não tenhas receio de receber MARIA, tua esposa; o que nela foi gerado vem do ESPIRITO SANTO. Ela dará à luz um filho, e tu lhe porás o nome de JESUS, pois Ele vai salvar o seu povo dos seus pecados». Tudo isso aconteceu para se cumprir o que o SENHOR tinha dito pelo profeta: « Eis que a virgem ficará grávida e dará à luz um filho. Ele será chamado pelo nome de Emanuel, que significa: ‘Deus-conosco’».Quando acordou, José fez conforme o Anjo do Senhor tinha mandado e acolheu sua esposa.

Comentário: Rev. D. Pere GRAU i Andreu (Les Planes, Barcelona, Espanha)

Quando acordou, José fez conforme o Anjo do SENHOR tinha mandado, a liturgia da Palavra convida-nos a considerar e a admirar a figura de São José, um homem verdadeiramente bom. De MARIA, a Mãe de DEUS se diz que era bendita entre todas as mulheres (cf. Lc 1,42). De José se escreveu que era justo (cf. Mt 1,19).

Todos devemos a DEUS Pai Criador a nossa identidade individual como pessoas feitas à sua imagem e semelhança, com real liberdade e radical. Como a resposta a esta liberdade podemos dar glória a Deus, como se merece ou, também podemos fazer de nós mesmos, alguma coisa não agradável aos olhos de DEUS.

Não duvidemos de que José, com o seu trabalho, com o seu compromisso familiar e social ganhou o “Coração” do Criador, consideremo-lo como homem de confiança na colaboração da Redenção humana por meio do seu Filho feito homem como nós.

Apreendemos, pois, de são José sua fidelidade —provada já desde o principio— e o seu bom comportamento durante o resto da sua vida, unida —intimamente—a JESUS e a MARIA.
É padroeiro e intercessor para todos os pais, biológicos ou não, que neste mundo ajudaram a seus filhos a dar uma resposta semelhante à dele. É o padroeiro da Igreja, como identidade ligada estreitamente ao seu Filho e, continuamos a ouvir as palavras de MARIA quando encontra o Menino JESUS que se havia “perdido” no Templo: «O teu pai e eu...» (Lc 2,48).

Com MARIA, nossa Mãe, encontramos a José como pai. Santa Teresa de Jesus deixou escrito: «Tomei por advogado e senhor ao glorioso são José e encomendei-me muito a ele (...). Não me lembro que lhe haja suplicado alguma coisa que a haja deixado de fazer».

Especialmente é pai para aqueles que tendo escutado a chamada do SENHOR a ocupar, pelo ministério sacerdotal, o lugar que nos cede JESUS CRISTO para o bem da Igreja. —São José glorioso: protege as nossas famílias, protege as nossas comunidades; protege a todos aqueles que ouviram o chamado à vocação sacerdotal... E que haja muitos!



sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Oração

Preparando para o Natal




Através desta oração recordamos a procura de MARIA e JOSÉ por um abrigo,um teto onde pudesse nascer o nosso REDENTOR e os acompanharmos oferecendo o nosso próprio coração para o Menino JESUS.

"DEUS Pai que estais no Céu,
Vós que nos mandais o Vosso Filho à terra,
Filho de DEUS, que agora em MARIA tomais albergue conosco,
DEUS ESPÍRITO SANTO, Vós que levais paz e consolação através do Advento,
Santa MARIA, Mãe do SENHOR, que com tanto carinho guardais Vosso Filhinho,
Santo Pai José, Vós que agora com tão terna reverência conduzis a Mãe de DEUS com o Filho de DEUS, deixai-nos ir convosco!
Queremos ó MARIA, afastar todas as pedras do vosso caminho, queremos cantar ao Vosso Filhinho todos os cantos de Advento que conhecemos, queremos levar conosco as nossas lanternas, para que ninguém possa tropeçar.
E os Santos Anjos cantam o 'Sanctus' e as estrelas cintilam sobre nós e a estrela de Belém em breve vai despontar!
Louvai a DEUS, pois a festa do nascimentodo SENHOR já não está longe, amai a DEUS, pois Maria não precisa mais procurar longe o albergue, pois os nossos corações já estão abertos de par em par!
Agradecei a DEUS, porque nos chamou como os pastores, para estarmos bem perto d'Ele, quando ressoar o Glória dos Anjos. Pois então ELE está aqui!!!



domingo, 12 de dezembro de 2010

Oração a Virgem de Guadalupe


Oh! Virgem Imaculada, Mãe do verdadeiro Deus e Mãe da Igreja!
Vós que manifestas vossa clemência e vossa compaixão a todos os que solicitam vosso amparo;
Escutai a oração que com filial confiança vos dirigimos e apresentai-a ante vosso Filho Jesus, único redentor nosso.
Mãe de misericórdia, Mestra do sacrificio escondido e silêncioso, a Vós, que sais ao encontro de nós, os pecadores, Vos consagramos neste dia todo o nosso ser e todo nosso amor.
Vos consagramos também nossa vida, nossos trabalhos, nossas alegrias, nossas enfermidades e nossas dores.
Dai a paz, a justiça e a prosperidade a nossos povos; já que tudo o que temos e somos o colocamos sob vosso cuidado, Senhora e Mãe nossa.
Queremos ser totalmente vossos e percorrer convosco o caminho de uma plena fidelidade a Jesus Cristo em sua Igreja: não nos soltes de vossa mão amorosa.
Virgem de Guadalupe, Mãe das Américas, vos pedimos por todos os bispos, para que conduçam aos fiéis por caminhos de intensa vida cristã, de amor e de humilde serviço a Deus e as almas.
Contempla esta imensa multidão, e intercedei para que o Senhor infunda fome de santidade em todo o povo de Deus, e outorgai abundantes vocações de sacerdotes e religiosos, fortes na fé, e zelosos dispensadores dos mistérios de Deus. Amém.

Nossa Senhora de Guadalupe, rogai a DEUS por nós e socorrei a todos os sacerdotes. Amém.


Na homilia da Missa desta quinta-feira 9 de dezembro, dia de São Juan Diego, o Cardeal destacou a simplicidade e humildade deste índio canonizado pelo Papa João Paulo II em 31 de julho de 2002 na Basílica de Guadalupe.

Virgem de Guadalupe escolheu Juan Diego por sua humildade, afirmou o Cardeal Rivera

O mensageiro da Virgem Morena ante as autoridades religiosas da época "viveu um dos valores mais importantes: tinha um coração humilde…e por isso foi eleito, por sua candura, sua ternura e humildade".
A inocência de Juan Diego, continuou, foi gratificada com a possibilidade de ver a Virgem em 1531 à idade de 57 anos, "escutar sua doce voz e ser seu mensageiro ante o Bispo Frei Juan de Zumárraga" diante de quem ocorreu o milagre das flores.
A Mãe de Deus tinha pedido a Juan Diego que levasse ao Bispo umas flores que estavam no lugar no inverno e que não costumavam brotar ali. O índio obedeceu e carregou as flores em seu manto. Ao abri-la ante o Bispo apareceu impressa a imagem de Nossa Senhora de Guadalupe, que até agora se conserva na Basílica dedicada a ela.
O Arcebispo Primaz do México disse também em sua homilia que a Virgem de Tepeyac deu a este país a mensagem da esperança, da evangelização e da edificação da Igreja entre o povo mestiço.
A Mãe de Deus, continuou, expressou ante São Juan Diego seu desejo de que lhe construíssem uma "casinha no Tepeyac", não só para ter uma gruta ou uma imponente basílica, mas para que os fiéis verdadeiramente construam a Igreja nesta cidade.
São Juan Diego, disse o Cardeal, é também um modelo de vida e sinal de contradição para aqueles que "ostentando-se como católicos, cometem tantas atrocidades".
Na Virgem Morena a sociedade pode reencontrar os valores da esperança e a simplicidade, concluiu Cardeal Rivera.

Fonte: MEXICO D.F., 11 Dez. 10 / 01:33 pm (ACI).- O Arcebispo Primaz do México, Cardeal Norberto Rivera, assinalou que São Juan Diego, o vidente da Virgem de Guadalupe em 1531, foi eleito para receber esta graça porque "tinha um coração humilde".

"Envia-me o teu Anjo"


Pe. Pio e o seu Anjo

 
Este relacionamento com seu Anjo da Guarda e com os outros Anjos influenciará muito a maneira como Padre Pio exercerá seu sacerdócio. Os Anjos tornaram-se quase como o seu braço prolongado. Aos seus filhos espirituais que lhe perguntaram muitas vezes: “Padre, o que devo fazer quando vou precisar de sua oração e não posso chegar para falar com o senhor?”, ele deu a resposta: “Se não puderes vir, envia-me teu Anjo da Guarda. Ele irá trazer-me a mensagem e eu vou ajudar-te tanto quanto puder” (Ibid., 85).


 

E muitas pessoas em perigos e dificuldades enviaram-lhe seus Anjos da Guarda e receberam ajuda imediata. Um dia duas moças de San Giovanni Rotondo conversavam à noite e começaram a falar também sobre Padre Pio, que ele parecia ter uma relação especial com os Anjos da Guarda. Então decidiram enviar-lhe seus Anjos da Guarda. Uma falou: “Vou enviar-lhe meu Anjo da Guarda pedindo que ele cure meu tio Frederico” e a outra: “e eu vou enviar-lhe meu Anjo para pedir a cura de minha prima”. No dia seguinte foram à Missa do Padre Pio e depois da Missa entraram na Sacristia para receber a bênção do Santo. Mas elas ficaram surpreendidas quando encontraram o Padre Pio zangado com elas. Perguntando pela razão, receberam a resposta: “Vocês me deixaram acordado toda noite”. Então falou a uma: “Primeiro você me enviou seu Anjo da Guarda pedindo a cura de seu tio Frederico. E depois você me enviou o seu para pedir a cura de sua prima”, falou ele à outra. “E fizeram assim toda a noite. Não consegui dormir nada!” (Ibid., 102).

Aconteceu também que alguém enviou o Anjo da Guarda para o Padre Pio mas depois desconfiou se este realmente foi ao Padre para levar-lhe os pedidos. Por isso perguntaram-lhe na próxima oportunidade se o Anjo havia trazido realmente a notícia. Então a resposta foi: “Você pensa que ele é tão desobediente como você? O Anjo é obediente e cheio de solicitude” (Esta é a hora dos Anjos, 126). Uma vez lhe foi perguntado: “Vossa reverendíssima ouve realmente o que lhe mando dizer pelo Anjo da Guarda?” e o Padre retrucou: “Mas então julgas que estou surdo?” (Ibid).
 
LAVS DEO

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Mande o seu Anjo para a Santa Missa

Envie o seu Santo Anjo para a Santa Missa!!!
Acredite, ele irá!

 
O meu Santo Anjo que está ao meu lado,
Venha à igreja comigo,
Ajoelha-se no meu lugar na Santa Missa
Onde eu desejo estar.


Durante o Ofertório, no meu lugar,
Leve tudo que sou e tenho,
E coloque isso como um sacrifício
Em cima do Trono do altar.




Ao tocar o sino da Santa Consagração,
Adore com o amor dos Serafins
Meu JESUS contido na Hóstia
Desça do mais alto dos céus.

Depois reze por aqueles que eu carinhosamente amo,
E por aqueles que me ofenderam,
Que o Sangue de JESUS possa lavar todos os corações
E aliviar o sofrimento das almas.

E quando o padre distribuir a Comunhão,
Oh! Meu JESUS traga-A para mim,
Que o seu doce Coração possa descansar no meu
E eu possa ser seu templo.

Peça que este Divino Sacrifício
faça apagarem-se os pecados humanos;
Depois, traga-me a bênção de JESUS à minha casa
O advogado de todas as graças.
                                                                    - Anônimo.

Fonte:
Livro = "Envie-me seu Anjo da Guarda"- Pe Pio
 Autor =  Frei Alessio Parente, OFM. Cap.
          Aliança Missionária Eucarística Mariana