Em união com todos os Santos Anjos

"Sanctus, Sanctus, Sanctus. Dóminus, Deus Sábaoth Pleni sunt caeli et terra Glória tua. Hosánna in excélsis. Benedíctus, qui venit In nómine Dómini, Hosánna in excélsis.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Evangelho do dia


Hoje, o Evangelho propõe à nossa contemplação a figura de João Batista. Ao ser questionado “Quem és tu?”, João manifesta claramente a consciência de cumprir uma missão: preparar a vinda do Messias, sendo “a voz que grita no deserto: Endireitai o caminho para o Senhor”. Ser a voz de Cristo, aquele que anuncia o Salvador do mundo e prepara a Sua vinda: esta é a missão de João e de todas as pessoas que se sentem e o sabem ser depositárias do tesouro da fé. 

Toda a missão divina tem por fundamento uma vocação, também divina, que garante a sua realização. Todos, chamados por Cristo à santidade, temos de ser a Sua voz no meio do mundo. Um mundo que, muitas vezes, vive de costas para Deus e que não ama o Senhor. É preciso que O tornemos presente e O anunciemos com o testemunho da nossa vida e da nossa palavra. Não o fazer, seria atraiçoar a nossa vocação mais profunda e a nossa missão.
A grandeza da nossa vocação e da missão que Deus nos destinou não provém dos nossos méritos, mas daquele a Quem servimos. Agradeçamos de todo o coração o chamado para participar da vida divina e a missão de ser, para o nosso mundo, além da voz de Cristo, também as Suas mãos, o Seu coração e o Seu olhar e renovemos, agora, o nosso desejo sincero de sermos fiéis.
Assim como a João Batista indagaram quem ele era, o mundo de hoje também nos indaga a respeito de nossa missão profética. Podemos responder, com a mesma sinceridade de João, que somos cristãos que damos testemunho de Jesus Cristo, que transmitimos a voz de Jesus através do tempo e do espaço, que vivemos o cristianismo, organizando nossa vida de acordo com os princípios evangélicos? 



ORAÇÃO:

Pai, Teu servo João Batista soube reconhecer o que esperavas dele, e conservou sua postura com extrema humildade. Torna-me Teu servidor, nos mesmos moldes de João. Amém!

João 1,19-28.