Em união com todos os Santos Anjos

"Sanctus, Sanctus, Sanctus. Dóminus, Deus Sábaoth Pleni sunt caeli et terra Glória tua. Hosánna in excélsis. Benedíctus, qui venit In nómine Dómini, Hosánna in excélsis.

quinta-feira, 26 de maio de 2011

O Anjo da Guarda

Segundo Santo Tomás de Aquino todo homem, cristão ou não cristão, tem um anjo da guarda que nunca o abandona, nem mesmo se é um grande pecador. Eles agem sobre seu protegido iluminando-o e inspirando-lhe bons sentimentos.
                                        
Muitos Padres da Ireja afirmam que há para cada família, para cada comunidade, um Anjo da Guarda. Esse Anjo fica conosco durante toda nossa vida e sua principal tarefa é guardar-nos dos ataques do demônio, embora sua proteção seja muito mais abrangente, pois, reza por nós, leva as nossas orações a Deus, estimula-nos a fazer o bem e no momento da nossa morte, conduzirá nossa alma ao tribunal divino.
Mas, podemos perguntar: Se os Anjos da Guarda existem, porque há tantos pecadores entre os homens? Os seus Anjos não estão trabalhando a contento? Não, não é isso. Não basta que o Anjo da Guarda forneça boas inspirações. Elas precisam ser acolhidas e as pessoas devem desfrutar dos favores e graças dos seus Anjos. Se uma pessoa quiser permanecer na obscuridade, não há como fazer com que os possam protegê-la.
São João Bosco dizia aos seus jovens: "Despertem a fé no Anjo da Guarda, que está com vocês. Procurem ser bons para dar alegria ao seu Anjo da Guarda. Recorram sempre a este amigo com confiança e ele os atenderá".
Lembremo-nos sempre do nosso Anjo da Guarda, com a maior frequência possível, pois nunca estamos sós: nosso guardião celeste sempre esteve, está e estará conosco.

Louvado e bendito seja o bom Deus pelo Anjo que Ele nos enviou para nos guardar em nossos caminhos. Amém.

Um Anjo na sua frente - Editora Chevalier