Em união com todos os Santos Anjos

"Sanctus, Sanctus, Sanctus. Dóminus, Deus Sábaoth Pleni sunt caeli et terra Glória tua. Hosánna in excélsis. Benedíctus, qui venit In nómine Dómini, Hosánna in excélsis.

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Um Anjo que ajuda a aceitar a Cruz.




Certa vez Pe. Pio escreveu a uma de suas filhas espirituais:

“Foi-me assegurado a pouco pelo meu Anjo da Guarda, que uma carta sua está a caminho, e ele me assegura que ela vai me causar um sofrimento agudo... embora eu não esteja sabendo que desventura lhe aconteceu, quero que saiba que é Jesus que quer presenteá-la com isso...”.

De fato, pouco tempo depois ele recebeu uma carta de Raffaelina Cerase, contendo a triste notícia que lhe foi diagnosticado um câncer de Mama.
Já ciente do fato ele escreve:

“Você me diz que em meio ao sofrimento que a oprime, você sempre volta o seu pensamento para mim e me chama. Bem, o seu Anjo da Guarda algumas vezes me transmite estas suas necessidades e então eu, em minha pequenez, sempre faço minha penitência com Jesus, recomendando você para sua bondade paterna”.

“Ofereça a glória de Sua Divina Majestade o resto que você ainda tem que oferecer e nunca se esqueça o seu Anjo da Guarda, que está sempre com você, nunca a abandonou...”.

“Invoque sempre este Anjo d Guarda, este Anjo benevolente e repita esta bela oração: “Santo Anjo do Senhor...” Qual será... a consolação quando na hora da morte, a sua alma ver este Anjo, tão bom, que te acompanhou durante a sua vida e foi tão liberal com um carinho maternal! Possam estes doces pensamentos fazer que você se dirija mais perto para encontrar a Cruz de Jesus, isto é o que quer também o seu Anjo...”.