Em união com todos os Santos Anjos

"Sanctus, Sanctus, Sanctus. Dóminus, Deus Sábaoth Pleni sunt caeli et terra Glória tua. Hosánna in excélsis. Benedíctus, qui venit In nómine Dómini, Hosánna in excélsis.

domingo, 15 de setembro de 2013

Os anjos tem nome

Ao falar sobre Astros e Estrelas, a Sagrada Escritura muitas vezes está a fazer uma referência metafórica aos Anjos:


“Onde estavas... quando as Estrelas D’alva juntas alegremente cantavam, e todos os filhos de Deus jubilavam?” (Jó 38,7).
E é também por meio desta metáfora que podemos saber que cada Anjo tem o seu nome. Vejamos essa passagem de Isaías:

“Quem criou todos estes ASTROS? Aquele que faz marchar o Exército completo, e a TODOS chama pelo NOME” (Is 40, 26).
E nos Salmos:
“Conta o número das ESTRELAS, chama-as a todas pelos seus NOMES” (Sl 146/7, 4).

É, pois, por meio da Sagrada Revelação que podemos saber que cada Anjo tem um Nome. Todavia, Deus QUIS que somente os nomes dos Arcanjos: Miguel, Gabriel e Rafael fossem PUBLICAMENTE REVELADOS.

E aqui entra a questão importante: A Vontade de Deus. O Santo Anjo só revela o seu Nome se Deus o quiser. Por si mesmos os Anjos Bons não tem interesse de manifestar o seu Nome. É o que podemos deduzir do Livro dos Juízes: “E disse Manué ao Anjo do Senhor: Qual é o teu nome, para que, quando se cumprir a tua palavra, te honremos? E o anjo do SENHOR lhe disse: POR QUE PERGUNTAS ASSIM PELO MEU NOME? ELE É MISTERIOSO?” (Jz 13, 17-18).

Há livros apócrifos que indicam nomes de outros Anjos, como o livro de Enoc, mas a Santa Igreja não o a colheu como livro canônico, ou seja, inspirado. De modo que só podemos conhecer com segurança os nomes destes três Arcanjos.

E é devido ao perigo que o homem se expõe em querer “ingressar” neste outro mundo, que a IGREJA DESACONSELHA VIVAMENTE QUE DEMOS NOMES AOS ANJOS, ou que procuremos sabê-los por quaisquer via. “DEVE-SE REPROVAR TAMBÉM O USO DE DAR AOS ANJOS NOMES PARTICULARES, exceto Miguel, Gabriel e Rafael, que estão contidos na Escritura” (Dir. sobre a piedade popular e liturgia, 217).

Ver na Sagrada Escritura:
Miguel (Dn 10,13; 10,21; 12,1; Jd 1,9; Ap 12,7);
Gabriel (Dn 8,16; 9,21; Lc 1,19; 1,26);
Rafael (Tb – ler todo o livro).