Em união com todos os Santos Anjos

"Sanctus, Sanctus, Sanctus. Dóminus, Deus Sábaoth Pleni sunt caeli et terra Glória tua. Hosánna in excélsis. Benedíctus, qui venit In nómine Dómini, Hosánna in excélsis.

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Um anjo que chora



Se de um lado, pela graça de Deus, Pe. Pio foi elevado às alturas das realidades espirituais, de outro lado ele foi um homem como qualquer outro, que tem sentimentos e age de acordo com eles. Na narração a seguir sua humanidade salta-nos aos olhos.


“... eu o repreendi (o seu Santo Anjo da Guarda) severamente por me fazer esperar por tanto tempo, quanto não me cansei de chamá-lo, para que me assistisse.

Para puni-lo, eu não queria olhá-lo nos olhos; eu quis deixá-lo, escapar dele.
Mas ele, pobre criatura, chegou até mim quase em lágrimas e abraçou-me até que eu levantei os olhos até a sua face e o achei todo tristonho”.


Obra dos Santos Anjos.