Em união com todos os Santos Anjos

"Sanctus, Sanctus, Sanctus. Dóminus, Deus Sábaoth Pleni sunt caeli et terra Glória tua. Hosánna in excélsis. Benedíctus, qui venit In nómine Dómini, Hosánna in excélsis.

domingo, 12 de janeiro de 2014

Solenidade do Batismo de Nosso Senhor

Nesta Solenidade do Batismo de Nosso Senhor, a Igreja nos propõe uma séria reflexão sobre a dignidade desse sacramento. No batismo, ousamos dizer, recebemos uma graça ainda maior que qualquer outra. Pelo batismo, tornamo-nos “filhos de Deus”, “templos do Espírito Santo”.

"Depois de ser batizado, Jesus saiu logo da água. Então o céu se abriu e Jesus viu o Espírito de Deus, descendo como pomba e vindo pousar sobre ele”(Mt 3,16).

Nós hoje celebramos a festa do batismo de Jesus, Nosso Senhor e Mestre foi submisso ao batismo de João, mesmo ele [João] se negando a batizá-Lo, Jesus disse: ”Que a justiça se cumpra, que assim seja feito!” E Ele deixa-se batizar por João, para nos ensinar que todos nós temos que passar pelo batismo, pelo novo nascimento. Quem nasce da carne é carne, quem nasce do Espírito é do Espírito!
Todos nós hoje somos convidados a refletir sobre o nosso batismo, sobre esta graça primeira que nós recebemos de Deus. Ele nos configura a Cristo Jesus, nos torna, por adoção, filhos de Deus, o batismo nos dá a graça da unção. A unção que recebemos no batismo é a graça de sermos marcados para sempre como propriedade de Deus, como pertencentes a Ele.