Em união com todos os Santos Anjos

"Sanctus, Sanctus, Sanctus. Dóminus, Deus Sábaoth Pleni sunt caeli et terra Glória tua. Hosánna in excélsis. Benedíctus, qui venit In nómine Dómini, Hosánna in excélsis.

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

VOCÊ PENSA QUE É IMPORTANTE CONHECER OS COROS DOS SANTOS ANJOS?

veja a opinião de São Boaventura:

Estas coisas parecem a muito alheias e estranhas. Com efeito, muitos são tidos por grandes clérigos e não sabem dizer os nomes dos Coros dos Anjos. E o que é pior, não sabem nem dizer os Mandamentos, quantos são e quais. Mas por DEUS! Se eu eu frequentasse a corte do Rei, com facilidade saberia os nove Ministérios da sua Cúria. E nós, que estamos à porta daquela Jerusalém da Cúria Celeste, pela qual a cada dia esperamos uma vez poder entrar, não conhecemos e não queremos conhecer os nomes dos Ministros daquela Cúria. É grande negligência! (Sao Boaventura, Sermo V de sanctis Angelis)




QUEM SÃO OS QUERUBINS?

Querubim é o plural de Karūb que vem do hebraico e significa Orante, Intercessor. Santo Tomás de Aquino seguindo a doutrina de Dionísio vai dizer que a palavra Querubim também significa aquele que está tomado de certo excesso de ciência, e que por isso pode traduzir-se também como plenitude de ciência.

Os Querubins são os primeiros Santos Anjos citados na Sagrada Escritura, quando por ocasião do pecado original Deus colocou alguns deles diante do Éden para guardar o caminho à Árvore da Vida (Gn 3,24). E é também o Coro mais mencionado na Sagrada Escritura.


Quando Deus ordenou a Moisés que construísse a Arca da Aliança, ordenou igualmente que colocasse sobre ela dois Querubins em profunda atitude de oração e adoração a DEUS.

Querubins são também os seres misteriosos que Ezequiel descreve na visão que teve no momento de sua vocação: “Então olhei, e eis quatro rodas junto aos Querubins... E todo o seu corpo, as suas costas, as suas mãos, as suas asas e as rodas, as rodas que os quatro tinham, estavam cheias de olhos ao redor (Ez 10, 9.12).

Que os Querubins estejam repletos de olhos significa que eles são repletos do Espírito de Sabedoria (Ciência) e que podem ver a realidade mais perfeitamente a partir da visão de Deus. O que podemos aprender com eles? Que é a oração e a adoração de Deus que nos alcança o cume da Sabedoria.

QUEM SÃO OS SERAFINS?

Serafins são os Anjos mais próximos do Trono do Altíssimo, pois são os Anjos mais agraciados por Deus, os que mais amam, ou seja, aqueles que possuem uma maior e mais admirável capacidade de amar.

O nome "seraph" em hebraico, significa "queimar completamente" . Segundo o conceito hebraico, Serafim não é apenas um ser que "queima", mas "que se consome " no amor ao Sumo Bem, que é o nosso DEUS Altíssimo.

Eles pertencem à 1º Hierarquia dos Anjos junto com os Querubins e Tronos – estão a serviço exclusivo da contemplação de DEUS, pelo Amor, pelo Conhecimento e pela Aceitação rendida da Sua Vontade, que transmitem ao resto da criação.

Na Sagrada Escritura os Anjos Serafins aparecem somente uma única vez, na visão de Isaias:

"... vi o SENHOR sentado sobre um trono alto e elevado... Acima DELE, em pé, estavam Serafins, cada um com seis asas: com duas cobriam a face, com duas cobriam os pés e com duas voavam".(Is 6,1-2)

Com duas asas cobriam o rosto, em sinal de profundo respeito, para não ver a Face do CRIADOR; com outras duas cobriam os pés para se ocultarem, para não serem vistos, conscientes de que ali estão pela infinita misericórdia do CRIADOR, e não pelo próprio merecimento; e com as outras duas asas voavam, como a indicar uma pronta e amorosa disponibilidade, em condições de atender um gesto ou aceno Divino, convocando-os para uma missão. Por essa razão, Dionísio em sua "Hierarquia Celeste", denomina os Serafins como aqueles Anjos que tem muitas asas.

QUEM SÃO OS SANTOS TRONOS?


São Anjos que pertecem à primeira Hierarquia Celeste junto dos Serafins e Querubins. Fazem, pois, parte do grupo dos Santos Anjos que estão mais próximos de Deus, pelo amor e conhecimento.

São Tomás de Aquino diz que a excelência do Coro dos Tronos consiste em que eles podem conhecer diretamente em Deus mesmo as razões das obras divinas. E que devemos observar que é a nomenclatura das Ordens angélicas que designam as suas respectivas propriedades, segundo diz Dionísio (em c.7 De cael, hier).


Por isso o Coro dos Tronos é muitas vezes representado na Arte, literalmente como Assento, ou Trono de CRISTO (repare na imagem desse post como CRISTO está sentado sobre Anjos).

Isso significa que o seu ser consiste na prontidão e fidelidade para com o Rei dos Reis. Eles são por excelência os Arautos do Reino Celeste! Que recebem e representam CRISTO Rei!



QUEM SÃO AS DOMINAÇÕES?


São os Santos Anjos da alta nobreza celeste que ordenam e governam por meio de súditos, ocupam-se do governo dos Anjos (Cl 1,16).


Para caracteriza-los com ênfase, São Gregório escreveu: “Algumas fileiras do exército angélico chamam-se Dominações, porque os restantes lhe são submissos, ou seja, lhe são obedientes”. São enviados por Deus a missões mais relevantes e também, são incluídos entre os Santos Anjos que exercem a “função de Ministro de Deus”.

Eles pertencem à segunda hierarquia dos Santos Anjos que dirigem os Planos da Eterna Sabedoria, comunicando aqueles projetos aos Anjos da Terceira Hierarquia e que vigiam o comportamento da humanidade. Eles são responsáveis pelos acontecimentos no Universo.


Podem nos ajudar na submissão reverente de nossa inteligência e vontade a Deus em todos os momentos e circunstâncias de nossas vidas.




Fonte: Opus Sanctorum Angelorum