Em união com todos os Santos Anjos

"Sanctus, Sanctus, Sanctus. Dóminus, Deus Sábaoth Pleni sunt caeli et terra Glória tua. Hosánna in excélsis. Benedíctus, qui venit In nómine Dómini, Hosánna in excélsis.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Nasceu o Salvador!



“Havia nos arredores uns pastores, que vigiavam e guardavam seu rebanho nos campos durante as vigílias da noite. Um Anjo do Senhor apareceu-lhes e a glória do Senhor refulgiu ao redor deles, e tiveram grande temor. O Anjo disse-lhes: «Não temais, eis que vos anuncio uma boa nova que será alegria para todo o povo: hoje vos nasceu na Cidade de Davi um Salvador, que é o Cristo Senhor. Isto vos servirá de sinal: achareis um recém-nascido envolto em faixas e posto numa manjedoura». E subitamente ao Anjo se juntou uma multidão do exército celeste, que louvava a Deus e dizia: «Glória a Deus no mais alto dos céus e na terra paz aos homens, objetos da benevolência (divina)». Depois que os Anjos os deixaram e voltaram para o céu, falaram os pastores uns com os outros: «Vamos até Belém e vejamos o que se realizou e o que o Senhor nos manifestou»”.
                                                           [Lc 2, 8-14]

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Então é Natal.



"E por nós homens e para a nossa salvação
desceu dos céus
e encarnou pelo ESPIRITO SANTO
no seio da Virgem MARIA
e Se fez homem!"

Por nós...
Por ti e por mim!
Fez-Se homem! JESUS fez-Se homem... por nós!


Só podemos silenciar, adorar e agradecer!
Votos de um Santo Natal e um abençoado Ano Novo.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Quarto Domigo do Advento



 "Ora, a origem de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, estava prometida em casamento a José e, antes de passarem a conviver, ela encontrou-se grávida pela ação do Espírito Santo. José, seu esposo, sendo justo e não querendo denunciá-la publicamente, pensou em despedi-la secretamente".        
                                                                              - Mt 1,18-24


Mas, no que lhe veio esse pensamento, apareceu-lhe em sonho um Anjo do SENHOR, que lhe disse: «José, Filho de Davi, não tenhas receio de receber MARIA, tua esposa; o que nela foi gerado vem do ESPIRITO SANTO. Ela dará à luz um filho, e tu lhe porás o nome de JESUS, pois Ele vai salvar o seu povo dos seus pecados». Tudo isso aconteceu para se cumprir o que o SENHOR tinha dito pelo profeta: « Eis que a virgem ficará grávida e dará à luz um filho. Ele será chamado pelo nome de Emanuel, que significa: ‘Deus-conosco’».Quando acordou, José fez conforme o Anjo do Senhor tinha mandado e acolheu sua esposa.

Comentário: Rev. D. Pere GRAU i Andreu (Les Planes, Barcelona, Espanha)

Quando acordou, José fez conforme o Anjo do SENHOR tinha mandado, a liturgia da Palavra convida-nos a considerar e a admirar a figura de São José, um homem verdadeiramente bom. De MARIA, a Mãe de DEUS se diz que era bendita entre todas as mulheres (cf. Lc 1,42). De José se escreveu que era justo (cf. Mt 1,19).

Todos devemos a DEUS Pai Criador a nossa identidade individual como pessoas feitas à sua imagem e semelhança, com real liberdade e radical. Como a resposta a esta liberdade podemos dar glória a Deus, como se merece ou, também podemos fazer de nós mesmos, alguma coisa não agradável aos olhos de DEUS.

Não duvidemos de que José, com o seu trabalho, com o seu compromisso familiar e social ganhou o “Coração” do Criador, consideremo-lo como homem de confiança na colaboração da Redenção humana por meio do seu Filho feito homem como nós.

Apreendemos, pois, de são José sua fidelidade —provada já desde o principio— e o seu bom comportamento durante o resto da sua vida, unida —intimamente—a JESUS e a MARIA.
É padroeiro e intercessor para todos os pais, biológicos ou não, que neste mundo ajudaram a seus filhos a dar uma resposta semelhante à dele. É o padroeiro da Igreja, como identidade ligada estreitamente ao seu Filho e, continuamos a ouvir as palavras de MARIA quando encontra o Menino JESUS que se havia “perdido” no Templo: «O teu pai e eu...» (Lc 2,48).

Com MARIA, nossa Mãe, encontramos a José como pai. Santa Teresa de Jesus deixou escrito: «Tomei por advogado e senhor ao glorioso são José e encomendei-me muito a ele (...). Não me lembro que lhe haja suplicado alguma coisa que a haja deixado de fazer».

Especialmente é pai para aqueles que tendo escutado a chamada do SENHOR a ocupar, pelo ministério sacerdotal, o lugar que nos cede JESUS CRISTO para o bem da Igreja. —São José glorioso: protege as nossas famílias, protege as nossas comunidades; protege a todos aqueles que ouviram o chamado à vocação sacerdotal... E que haja muitos!



sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Oração

Preparando para o Natal




Através desta oração recordamos a procura de MARIA e JOSÉ por um abrigo,um teto onde pudesse nascer o nosso REDENTOR e os acompanharmos oferecendo o nosso próprio coração para o Menino JESUS.

"DEUS Pai que estais no Céu,
Vós que nos mandais o Vosso Filho à terra,
Filho de DEUS, que agora em MARIA tomais albergue conosco,
DEUS ESPÍRITO SANTO, Vós que levais paz e consolação através do Advento,
Santa MARIA, Mãe do SENHOR, que com tanto carinho guardais Vosso Filhinho,
Santo Pai José, Vós que agora com tão terna reverência conduzis a Mãe de DEUS com o Filho de DEUS, deixai-nos ir convosco!
Queremos ó MARIA, afastar todas as pedras do vosso caminho, queremos cantar ao Vosso Filhinho todos os cantos de Advento que conhecemos, queremos levar conosco as nossas lanternas, para que ninguém possa tropeçar.
E os Santos Anjos cantam o 'Sanctus' e as estrelas cintilam sobre nós e a estrela de Belém em breve vai despontar!
Louvai a DEUS, pois a festa do nascimentodo SENHOR já não está longe, amai a DEUS, pois Maria não precisa mais procurar longe o albergue, pois os nossos corações já estão abertos de par em par!
Agradecei a DEUS, porque nos chamou como os pastores, para estarmos bem perto d'Ele, quando ressoar o Glória dos Anjos. Pois então ELE está aqui!!!



domingo, 12 de dezembro de 2010

Oração a Virgem de Guadalupe


Oh! Virgem Imaculada, Mãe do verdadeiro Deus e Mãe da Igreja!
Vós que manifestas vossa clemência e vossa compaixão a todos os que solicitam vosso amparo;
Escutai a oração que com filial confiança vos dirigimos e apresentai-a ante vosso Filho Jesus, único redentor nosso.
Mãe de misericórdia, Mestra do sacrificio escondido e silêncioso, a Vós, que sais ao encontro de nós, os pecadores, Vos consagramos neste dia todo o nosso ser e todo nosso amor.
Vos consagramos também nossa vida, nossos trabalhos, nossas alegrias, nossas enfermidades e nossas dores.
Dai a paz, a justiça e a prosperidade a nossos povos; já que tudo o que temos e somos o colocamos sob vosso cuidado, Senhora e Mãe nossa.
Queremos ser totalmente vossos e percorrer convosco o caminho de uma plena fidelidade a Jesus Cristo em sua Igreja: não nos soltes de vossa mão amorosa.
Virgem de Guadalupe, Mãe das Américas, vos pedimos por todos os bispos, para que conduçam aos fiéis por caminhos de intensa vida cristã, de amor e de humilde serviço a Deus e as almas.
Contempla esta imensa multidão, e intercedei para que o Senhor infunda fome de santidade em todo o povo de Deus, e outorgai abundantes vocações de sacerdotes e religiosos, fortes na fé, e zelosos dispensadores dos mistérios de Deus. Amém.

Nossa Senhora de Guadalupe, rogai a DEUS por nós e socorrei a todos os sacerdotes. Amém.


Na homilia da Missa desta quinta-feira 9 de dezembro, dia de São Juan Diego, o Cardeal destacou a simplicidade e humildade deste índio canonizado pelo Papa João Paulo II em 31 de julho de 2002 na Basílica de Guadalupe.

Virgem de Guadalupe escolheu Juan Diego por sua humildade, afirmou o Cardeal Rivera

O mensageiro da Virgem Morena ante as autoridades religiosas da época "viveu um dos valores mais importantes: tinha um coração humilde…e por isso foi eleito, por sua candura, sua ternura e humildade".
A inocência de Juan Diego, continuou, foi gratificada com a possibilidade de ver a Virgem em 1531 à idade de 57 anos, "escutar sua doce voz e ser seu mensageiro ante o Bispo Frei Juan de Zumárraga" diante de quem ocorreu o milagre das flores.
A Mãe de Deus tinha pedido a Juan Diego que levasse ao Bispo umas flores que estavam no lugar no inverno e que não costumavam brotar ali. O índio obedeceu e carregou as flores em seu manto. Ao abri-la ante o Bispo apareceu impressa a imagem de Nossa Senhora de Guadalupe, que até agora se conserva na Basílica dedicada a ela.
O Arcebispo Primaz do México disse também em sua homilia que a Virgem de Tepeyac deu a este país a mensagem da esperança, da evangelização e da edificação da Igreja entre o povo mestiço.
A Mãe de Deus, continuou, expressou ante São Juan Diego seu desejo de que lhe construíssem uma "casinha no Tepeyac", não só para ter uma gruta ou uma imponente basílica, mas para que os fiéis verdadeiramente construam a Igreja nesta cidade.
São Juan Diego, disse o Cardeal, é também um modelo de vida e sinal de contradição para aqueles que "ostentando-se como católicos, cometem tantas atrocidades".
Na Virgem Morena a sociedade pode reencontrar os valores da esperança e a simplicidade, concluiu Cardeal Rivera.

Fonte: MEXICO D.F., 11 Dez. 10 / 01:33 pm (ACI).- O Arcebispo Primaz do México, Cardeal Norberto Rivera, assinalou que São Juan Diego, o vidente da Virgem de Guadalupe em 1531, foi eleito para receber esta graça porque "tinha um coração humilde".

"Envia-me o teu Anjo"


Pe. Pio e o seu Anjo

 
Este relacionamento com seu Anjo da Guarda e com os outros Anjos influenciará muito a maneira como Padre Pio exercerá seu sacerdócio. Os Anjos tornaram-se quase como o seu braço prolongado. Aos seus filhos espirituais que lhe perguntaram muitas vezes: “Padre, o que devo fazer quando vou precisar de sua oração e não posso chegar para falar com o senhor?”, ele deu a resposta: “Se não puderes vir, envia-me teu Anjo da Guarda. Ele irá trazer-me a mensagem e eu vou ajudar-te tanto quanto puder” (Ibid., 85).


 

E muitas pessoas em perigos e dificuldades enviaram-lhe seus Anjos da Guarda e receberam ajuda imediata. Um dia duas moças de San Giovanni Rotondo conversavam à noite e começaram a falar também sobre Padre Pio, que ele parecia ter uma relação especial com os Anjos da Guarda. Então decidiram enviar-lhe seus Anjos da Guarda. Uma falou: “Vou enviar-lhe meu Anjo da Guarda pedindo que ele cure meu tio Frederico” e a outra: “e eu vou enviar-lhe meu Anjo para pedir a cura de minha prima”. No dia seguinte foram à Missa do Padre Pio e depois da Missa entraram na Sacristia para receber a bênção do Santo. Mas elas ficaram surpreendidas quando encontraram o Padre Pio zangado com elas. Perguntando pela razão, receberam a resposta: “Vocês me deixaram acordado toda noite”. Então falou a uma: “Primeiro você me enviou seu Anjo da Guarda pedindo a cura de seu tio Frederico. E depois você me enviou o seu para pedir a cura de sua prima”, falou ele à outra. “E fizeram assim toda a noite. Não consegui dormir nada!” (Ibid., 102).

Aconteceu também que alguém enviou o Anjo da Guarda para o Padre Pio mas depois desconfiou se este realmente foi ao Padre para levar-lhe os pedidos. Por isso perguntaram-lhe na próxima oportunidade se o Anjo havia trazido realmente a notícia. Então a resposta foi: “Você pensa que ele é tão desobediente como você? O Anjo é obediente e cheio de solicitude” (Esta é a hora dos Anjos, 126). Uma vez lhe foi perguntado: “Vossa reverendíssima ouve realmente o que lhe mando dizer pelo Anjo da Guarda?” e o Padre retrucou: “Mas então julgas que estou surdo?” (Ibid).
 
LAVS DEO

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Mande o seu Anjo para a Santa Missa

Envie o seu Santo Anjo para a Santa Missa!!!
Acredite, ele irá!

 
O meu Santo Anjo que está ao meu lado,
Venha à igreja comigo,
Ajoelha-se no meu lugar na Santa Missa
Onde eu desejo estar.


Durante o Ofertório, no meu lugar,
Leve tudo que sou e tenho,
E coloque isso como um sacrifício
Em cima do Trono do altar.




Ao tocar o sino da Santa Consagração,
Adore com o amor dos Serafins
Meu JESUS contido na Hóstia
Desça do mais alto dos céus.

Depois reze por aqueles que eu carinhosamente amo,
E por aqueles que me ofenderam,
Que o Sangue de JESUS possa lavar todos os corações
E aliviar o sofrimento das almas.

E quando o padre distribuir a Comunhão,
Oh! Meu JESUS traga-A para mim,
Que o seu doce Coração possa descansar no meu
E eu possa ser seu templo.

Peça que este Divino Sacrifício
faça apagarem-se os pecados humanos;
Depois, traga-me a bênção de JESUS à minha casa
O advogado de todas as graças.
                                                                    - Anônimo.

Fonte:
Livro = "Envie-me seu Anjo da Guarda"- Pe Pio
 Autor =  Frei Alessio Parente, OFM. Cap.
          Aliança Missionária Eucarística Mariana

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Catecismo da Igreja Católica



A EXISTÊNCIA DOS ANJOS UMA VERDADE DE FÉ


328. A existência dos seres espirituais, não-corporais, a que a Sagrada Escritura habitualmente chama anjos, é uma verdade de fé. O testemunho da Escritura é tão claro como a unanimidade da Tradição.
QUEM SÃO OS ANJOS?


329. Santo Agostinho diz a respeito deles: «Angelus [...] officii nomen est, non naturae. Quaeris nomen naturae, spiritus est; quaeris officium, angelus est: ex eo quod est, spiritus est: ex eo quod agit, angelus Anjo é nome de ofício, não de natureza. Desejas saber o nome da natureza? Espírito. Desejas saber o do ofício? Anjo. Pelo que é, é espírito: pelo que faz, é anjo (anjo = mensageiro)» [Santo Agostinho, Enarratio in Psalmum, 103, 1, 15: CCL 40, 1488 (PL 37, 1348-1349)]. Com todo o seu ser, os anjos são servos e mensageiros de Deus. Pelo facto de contemplarem «continuamente o rosto do meu Pai que está nos céus» (Mt 18, 10), eles são «os poderosos executores das suas ordens, sempre atentos à sua palavra» (Sl 103, 20).

350. Os anjos são criaturas espirituais que glorificam a Deus sem cessar e servem os seus planos salvíficos em relação às outras criaturas: «Ad omnia bona nostra cooperantur angeliOs anjos prestam a sua cooperação a tudo quanto diz respeito ao nosso bem» [São Tomás de Aquino, Summa theologiae, 1, 114. 3, ad 3: Ed. Leon. 5, 535].

351. Os anjos assistem a Cristo, seu Senhor. Servem-n'O de modo particular no cumprimento da sua missão salvífica em relação aos homens.

O ANJO NA IGREJA

 
352. A Igreja venera os anjos, que a ajudam na sua peregrinação terrestre e protegem todo o género humano.

353. Deus quis a diversidade das suas criaturas e a sua bondade própria, a sua interdependência e a sua ordem. Destinou todas as criaturas materiais para o bem do género humano. O homem, e através dele toda a criação, tem como destino a glória de Deus.

354. Respeitar as leis inscritas na criação e as relações derivantes da natureza das coisas, é princípio de sabedoria e fundamento da moral.


Fonte: CIC

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Para conhecer melhor a doutrina

"Os Anjos nos amam como irmãos, assistem-nos em todas as ações. "
Santo Agostinho



São Bernado resume em três palavras a nossa atitude com relação aos Anjos, que deve ser:

1. Atitude de respeito: são seres mais perfeitos e dignos que nós;
2. Atitude de confiança: para contar-lhe nossas dificuldades e pedir-lhes ajuda, luz e força para cumprirmos nossa missão;
3. Atitude de amor, devoção e gratidão: que consiste principalmente em ser dóceis às suas inspirações, que são as inspirações de DEUS.

Nosso amor e devoção aos Anjos devem ter sempre referência a DEUS, princípio e fim de nossa vida.

O Papa Pio XI conta-nos como os Anjos o ajudavam:
Importa-nos manifestar isto, como dever de gratidão. Temos sido sempre maravilhosamente assistidos pelo nosso Anjo da Guarda. Com muita frequência, sentimos que aí, próximo, disposto a ajudar-nos.

Ó DEUS, que na vossa misteriosa providência mandais os vossos Anjos para guardar-nos, concedei que nos defendam de todos os perigos e gozemos eternamente do seu convívio.
                   Oração da Liturgia da Festa dos Santos Anjos da Guarda.


quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Obediência

A obediência sob o ponto de vista humano, pode parecer uma coisa muito discreta, muito prosaica, contida em ordens como estas: "Faz isto!" ou "Não faças aquilo!".
A Sagrada Escritura porém revela-nos que a sua origem é muito mais nobre.



 No princípio, os Anjos foram provados na obediência; os espíritos caídos revoltaram-se contra a divina economia da salvação, dentro da qual foram chamados a servir: "Desde há muito quebraste o teu jugo, rompeste os teus laços. Disseste: 'Não servirei!" (Jer 2,20).

Podemos observar que pela desobediência de Adão perdeu-se a amizade com Deus. A partir de então, a obediência costuma apresentar-se com um traje de trabalho visto que o homem comerá o seu pão, fruto de um trabalho duro, e com a fadiga do seu rosto.
 A obediência de CRISTO, o novo Adão, redimiu-nos e restaurou a amizade com DEUS! Ele, o Servo de DEUS, o Filho do Pai Eterno, impregnou a obediência de amor. Esta é a feliz sorte da criança e do amante: "O teu desejo é uma ordem para mim!" Em relação a DEUS, a obediência torna-se mesmo uma bem-aventurança para aqueles que têm sede da justiça, porque serão saciados (Mat 5,6).
Como virtude, a obediência faz parte da virtude cardeal da justiça, que faz com que tenhamos uma vontade permanente e constante de dar a cada um o que se lhe deve (Suma Teológica de Santo Tomás de Aquino. II-II, 58,1c). Nós fomos 'justificados' pela obediência de CRISTO, porque a Sua graça nos dá a possibilidade de dar a DEUS, de maneira digna, aquilo que Lhe devemos: fé, veneração e obediência.

 "Ao Deus que revela é devida a 'obediência da fé' (Rom 16, 26; Rom 1,5; 2Cor 10,5-6); pela fé, o homem entrega-se total e livremente a DEUS" (Constituição Dogmática Dei Verbum, cap.1,5).

Pelo abandono, o ato principal da virtude da religião, prestamos prontamente a DEUS a reverência e a honra que o Seu Nome merece. Pela santa obediência submetemo-nos à Sua majestade e autoridade, isto é: às Suas leis, dadas diretamente por Ele ou por aqueles que exercem a autoridade em Seu Nome, seja na Igreja ou na sociedade.

É significativo que a nossa submissão obediente à vontade de DEUS seja a garantia de que o nosso culto é puro e santo.

Saul foi reprovado por não ter cumprido as ordens de Deus: "Porventura, o Senhor compraz-Se tanto nos holocaustos e sacrifícios como na obediência à Sua palavra? A obediência vale mais que os sacrifícios, e a submissão vale mais do que a gordura dos carneiros. A desobediência é tão culpável como a superstição, e a insubmissão é como o pecado da idolatria" (1Sam 15,22-23). É por isso que São Tomás de Aquino classifica a 'piedosa vontade própria' entre as faltas muito graves, porque, sob a aparência do culto divino e da obediência, ela faz exatamente o contrário.

No sentido lato da palavra, a obediência é uma virtude ou qualidade geral da vida moral, visto que cada obra boa corresponde a uma lei, e cada pecado de alguma maneira se opõe a uma lei. Segundo as palavras de CRISTO, a obediência está estreitamente ligada ao amor: "Se guardardes os Meus mandamentos, permanecereis no Meu amor" (Jo 15,10). É impossível amarmos DEUS se não respeitamos a Sua autoridade e não nos submetemos aos Seus mandamentos.

Consideramos a obediência no aspecto de serviço e como a obediência filial de CRISTO. A obediência não só cumpre a tarefa, mas prepara-nos também para a união com DEUS. Se em CRISTO, o Redentor, a caridade teve o primeiro lugar, logo lhe seguiu a obediência.

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

A Adoração



"Vejo Jesus como um Sol, que irradia luz, calor e vida em torno de si

como um manacial, correndo em muitas direções.

Como um delicioso jardim espalhando seus melhores aromas

Sim, eu creio em Jesus. Guio- me em sua Palavra, no seu poder e no seu amor"

                                                           Beato Manuel Gonzales


A Santíssima EUCARISTIA atinge na sua grandeza os céus dos céus. É o PÃO do Céu. Podemos dizer: é Alguém do céu no meio de nós! Este mistério de DEUS é também o mistério de nossa vida. É capaz de trazer o céu para a Terra. 
O céu não está lá onde há uma reunião de muitos ou de todos os Santos, mas está ao redor do Trono de DEUS. E não é o Sacrário um Trono de Deus? Por isso, todos os Anjos submetem-se a JESUS na Santíssima EUCARISTIA. Está verdade foi confirmada na vida de Stª Faustina por um Serafim, quando ao dar-lhe a Sagrada Comunhão disse-lhe: " Recebe o Senhor dos Anjos!"
Está diante do Sacrário é está diante do DEUS Altíssimo. Não há autoridade acima de JESUS sacramentado. 
A Santíssima EUCARISTIA nutre e abrange todo o mundo. Numa Hóstia Consagrada está tudo aquilo de que o mundo inteiro precisa, e podemos confiar, sem vacilar, que a Santíssima EUCARISTIA tem a força de renovar o mundo inteiro.

Fonte: Lendo na Paixão do Senhor. Michael Georg Plochl. Associação dos Irmãos de Belém.

sábado, 16 de outubro de 2010

"Quem quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-Me"(Mt 16,24)

Foi por este caminho que o Senhor conduziu aqueles que escolheu: "Quem quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-Me"(Mt 16,24).


Como o tocador de guitarra afina as cordas para harmonizar os sons, assim DEUS prepara os instrumentos que escolheu para que o eco da Sua Mensagem chegue afinado aos confins da terra.

Iniciou Deus a preparação dos instrumentos que escolheu, quando  despreocupados, os pastorinhos rezavam e brincavam, fazendo passar na sua frente, suave e lentamente, como se fora uma nuvenzinha branca de neve, mais brilhante que o sol, com figura humana, que houvesse descido desprendendo-se do firmamento, atraindo-lhes o olhar e chamando-lhes a atenção.

- "Que é aquilo?" Interrogavam-se entre si as pobres crianças.
- "Não sei."

E com certeza, ainda hoje, eu não sei. Mas os acontecimentos que seguiram levam-me a crer que seria o nosso Santo Anjo da Guarda, que sem se manifestar claramente, nos ia preparando para a realização dos planos de DEUS. Fala a Irmã Lúcia em: "Como vejo a Mensagem através dos tempos e dos acontecimentos, Irmã Lúcia de Jesus e do Coração Imaculado, Edição Carmelo de Coimbra Secretariado dos Pastorinhos".

Neste pequeno trecho, buscamos exemplificar a função do nosso Santo Annjo da Guarda. Segundo a Escritura, os Anjos são mensageiros de Deus, "heróis fortes que executam suas ordens, obedecendo sua palavra" (Sl 103,20), colocados a serviço do seu desígnio salvífico, "enviados a serviço daqueles que deverão herdar a salvação" (Hb 1,14).





sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Doze legiões de Anjos

Doze Legiões de Anjos


 

  Pai do Céu, mais que doze legiões de Anjos

teríeis enviado ao Vosso Filho em Sua agonia,

para salvá-lo de seus inimigos, se Ele Vos

tivesse pedido. Mas Ele não vos pediu, para

que se cumprisse assim a Escritura que predisse

a Sua dolorosa e sanquinolenta paixão.

Quando agora a Santa Igreja, Seu Corpo

Místico, é entregue aos poderes das trevas como

outrora Ele Mesmo, nós Vos suplicamos que

mandeis essas doze legiões de Anjos, que só

esperam uma Palavra Vossa, em socorro da Igreja

atribulada, para que assim se cumpra uma outra

Palavra da Escritura, que Ele Mesmo gravou

na rocha de Pedro: " E as portas do inferno não

prevalecerão sobre ela". Amém
 
 
 
Fonte: Plöchl, Michael Georg. Lendo na Paixão do Senhor - Jesus no 0onte das Oliveiras. Associação dos Irmãos de Belém, Guaratinguetá/SP.

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Maria Santíssima, Virgem Aparecida, rogai a DEUS por nós.

Saudação à Virgem Maria

Ó Santíssima Virgem e Mãe de DEUS, MARIA, nós Vos saudamos com todos os Serafins. Louvamos e bendizemo-Vos por aquele amor que amastes a DEUS mais que todas as criaturas e que demonstrastes, principalmente, na amarga Paixão de Vosso amado FILHO. Alcançai-nos um ardente amor a DEUS.

Nós Vos saudamos com todos os Querubins! Louvamos e bendizemo-Vos pelo mais claro e brilhante conhecimento com que contemplais a luz impenetrável da inescrutável Divindade. Alcançai-nos, também luz para as nossas almas, a fim de que sejamos conduzidos santamente e reconheçamos a DEUS e a nós mesmos.

Nós Vos saudamos com todos os Tronos, porque sois um Trono e um Templo onde DEUS reina com toda a Sua complacência. Alcançai-nos uma santa tranquilidade e paz interior, sem sombra do pecado ou qualquer dúvida da consciência, que nos conceda acesso livre à união contínua com DEUS.


Nós Vos saudamos com as Dominações e parabenizamos-Vos, porque sois a Senhora do mundo e de Vós veio a salvação deste. Alcançai-nos que dominemos nossas más inclinações e imperfeições.

Nós Vos saudamos com as Potestades, porque, a Vós, é dado poder sobre todas as criaturas, no Céu e na terra, e também sobre os demônios, aos quais sois terrível, como um exército em ordem de batalha; tanto que o vosso Nome glorioso causa espanto a eles. Defendei-nos de suas perseguições na vida e na morte.




Nós Vos saudamos com os Principados, porque guardastes em Vós, imaculada, a imagem de DEUS: concedei que guardemos, também em nós, imaculada de todo o pecado.

Nós Vos saudamos com as Virtudes, porque sois cheia de todas as graças e virtudes. Fostes na terra unida a DEUS mais que todas as criaturas e, agora, gozai de DEUS mais perfeitamente na eterna glória. Alcançai-nos sincera humildade, pobreza, obediência, castidade, santo fervor em nossas vocações e todas as outras virtudes.

Nós Vos saudamos com os Arcanjos, porque fostes mais agradável a DEUS do que todas as criaturas. Alcançai-nos a graça da amizade e da união íntima com DEUS.



Nós Vos saudamos com todos os Anjos e Santos e Vos damos graças por todo o amor que tivestes a DEUS na terra e no céu.

Ó MARIA, nossa esperança, alcançai-nos, por Vossa intercessão, a graça de vivermos e perseverarmos como verdadeiros e fiéis servos de DEUS até a nossa morte. Amém.


Pela intercessão de Nossa Senhora Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil, a bênção de Deus onipotente, Pai, Filho e Espírito Santo desça sobre nós e permaneça sempre. Amém.

Salve Maria.




Fonte: Na presença dos Anjos adoramos e cantamos ao Senhor - Associação dos Irmãos de Belém, Guaratinguetá/ SP

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

História do Anjo

"O desejo do nosso Santo Anjo da Guarda

para vir em socorro

é muito maior do que,

temos de ser ajudado..."
                                                         (São João Bosco)



História do Anjo da Guarda

"Vá para o caixa eletrônico!"

Certo dia durante o segundo semestre de 2006, eu e minha filha fomos ao Banco Real. Ao entrarmos no local vimos que estava superlotado. Então, comecei a ficar angustiada e ansiosa para ir embora dali. Foi quando uma voz me disse: "Vá para a fila do caixa eletrônico porque assim vocês saem logo". Obedeci e me dirigi à fila.
Minha filha estranhou muito o meu comportamento, pois eu sempre ficava ao lado dela, esperando calmamente que ela fizesse o depósito no caixa. Terminada a operação saímos do Banco e, passados 10 minutos, ficamos sabemdo que o banco estava sendo assaltado e todas as pessoas que estavam lá dentro não puderam sair. Mais tarde pela TV ficamos sabendo que todas as pessoas que estavam no Banco ficaram lá até à noite, nas mãos de um homem que havia tido um surto por ciúmes da ex-mulher.
Agradeço a presença do meu Santo Anjo, a quem sempre invoco antes de sair de casa e costumo rezar muitas vezes o "Santo, Santo, Santo...".

Estou convicta que o Santo Anjo sempre nos ajuda nos momentos difíceis da vida e nos quer livrar de muitos perigos.

Testemunho publicado na Carta Circular nº 15/ setembro de 2008 - Obra dos Santos Anjos da Guarda.

sábado, 2 de outubro de 2010

Santa Teresa do Menino Jesus

" Minha alegria é lutar sempre a fim de dar a DEUS eleitos."




Poderosa Santa Teresinha, que do céu gozais de perfeita comunhão com os Santos Anjos de DEUS, pois, em vida, não hesitáveis em buscar, com ardor, ajuda e amparo nesses amados seres celestiais, aumentai a nossa fé e devoção a todos os Anjos de DEUS. Vós que vos dizíeis "irmã dos Anjos", uni, vos suplicamos, vossos infinitos méritos aos deles, e, unidos, como um grandioso concerto, rogai à Santíssima Trindade em nosso favor, para que torrentes de graças, virtudes e bênçãos celestiais recaiam sobre nós! Amém!

Santa Teresinha do Menino JESUS, rogai por nós!
Todos os Santos Anjos de DEUS, ajudai-nos e rogai por nós!


Trezena de Santa Teresinha. Verônica Campos

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

São Miguel Arcanjo

Consagração da Familia à São Miguel

Ó grande Arcanjo São Miguel, príncipe e chefe das legiões angélicas, penetrados do sentimento de vossa grandeza, de vossa bondade e vosso poder, na presença da adorável Santíssima Trindade, da Virgem Maria e toda a Corte Celeste, eu... e minha família vimos hoje nos consagrar a vós (ou renovar neste dia nossa consagração a vós).
Queremos vos honrar e invocar fielmente.
recebei-nos sob vossa especial proteção e dignai-vos desde então velar sobre os nossos interesses espirituais e temporais.
Conservai entre nós a perfeita união de espírito, dos corações e do amor familiar. Defendei-nos contra os ataques do inimigo, preservaai-nos de todo o mal e particularmente da desgraça de ofender a DEUS gravemente.
Que por nossos cuidados, devotados e vigilantes, cheguemos todos à felicidade eterna. Dignai-vos grande São Miguel, reunir todos os membros de nossa família na cidade dos céus.
Amém.

Fonte: Os Anjos. Prof. Felipe Aquino. Ed Cléofas.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

São Gabriel Arcanjo

Consagração
São Gabriel Arcanjo, por Deus enviado ao mundo para anunciar a maior verdade de fé; invocando o poder e o amor de JESUS Eucarístico junto com os méritos infinitos de Sua Santa Mãe Maria, Tua Rainha, me consagro hoje a ti.
Não deixe de amparar-me com tua proteção celestial, ao lado do meu Santo Anjo da Guarda, para que possa fazer tudo o que está ao alcance de minhas possibilidades pela salvação das almas, anunciando sem temor os imensos benefícios das graças sacramentais, cuja  Igreja de Deus é depositário.
Particularmente, me comprometo contigo a dar testemunho do amor a Nosso Senhor JESUS CRISTO na Eucaristia, onde está Seu Sacratíssimo Corpo e Sangue, e Sua consubstancia divina com o PAI, encarnado no seio da Virgem Maria para nossa salvação.
Ajuda-me para que o Espírito Santo fale por minha boca sempre o mais importantes de todos os Mistérios e as maiores Verdades de todos os tempos.
Comunica-me toda a fortaleza de DEUS, que também representa, para vive-la fielmente com firmeza e alegria. Assim seja.  

Fonte: Pe. Cornelio Pfeifer ORC .Devocionario a Los Santos Angeles, Bogotá - 2005.

sábado, 18 de setembro de 2010

Santa Francisca de Napoles

O Arcanjo São Rafael foi dado por nosso Senhor à Francisca de Nápoles, Santa Maria Francisca das Cincos Chagas, para que a socorresse em suas enfermidades.


O Arcanjo Rafael pôs nisso um cuidado extraordinário, digno de seu respeito e amor a DEUS, que lhe havia confiado a santa. Apareceu a ela em forma de jovem, vestido de branco e de uma beleza incomparável. Maria Francisca ficou surpresa e sem poder dizer palavra.
Falou então, o Arcanjo primeiro e lhe disse: " Eu sou Rafael, a quem o Altíssimo enviou para curar as tuas costas que está a ponto de gangrenar-se. Renova a tua confiança em DEUS e Ele te abençoará". No dia seguinte pela manhã, a chaga já estava totalmente curada. Porém, alguns dias mais tarde, voltou a apresentar um aspecto alarmante. Irmã Maria Francisca sentia no coração uma dor tão aguda, que não podia mover-se. O Santo Arcanjo se tornou seu enfermeiro: cortava-lhe o pão tomando a faca de sua mão dizendo-lhe com gracioso sorriso que não era capaz servir-se a si mesma; se alguma vez tentava levantar uma cadeira ou outro objeto qualquer cujo o peso lhe pudesse causar dano, o Arcanjo ajudava a levantá-los com as próprias mãos, e os levava ao lugar onde a Santa desejava colocá-los, de modo que esta bem-aventurada virgem chegou a gozar uma íntima familiaridade com o Santo Arcanjo.
Esta passagem da vida de Santa Francisca de Napoles, nos ensina que tanto São Rafael, como os demais Santos Anjos, podem estar conosco nas circunstâncias e ocupações mais simples da vida.

Fonte: Novena consoladora a São Rafael Arcanjo, Imprimatur, 2004

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Consagração ao Arcanjo São Rafael

Consagração


São Rafael Arcanjo, que está diante do trono de DEUS oferecendo nossas orações, te venero como mensageiro e amigo especial de DEUS.
Escolho-te como meu protetor, desejo amar-te e obedecer-te como fez o jovem Tobias. A Ti consagro meu corpo, minha alma, todo meu trabalho e toda a minha vida. Quero-te como meu guia e conselheiro em todos os perigos, dificuldades, decisões difíceis da minha vida.
Lembra querido São Rafael, que as graças de DEUS te preserva como todos os Anjos bons no céu, enquanto os soberbos foram lançados no inferno. Te imploro, me ajude no combate contra o mundo, a carne e o diabo. Defendei-me de todos os perigos e de toda a ocasião de pecado. Guia-me sempre no caminho da paz, segurança e salvação. Oferece minhas orações a DEUS como ofereceste as de Tobias para que por tua intercessão obtenha as graças necessárias para a salvação de minha alma. Lembra-te e recomenda-me sempre diante do FILHO de DEUS. Ajuda-me a amar e servir fielmente a meu DEUS, a morrer em sua graça e, finalmente, a merecer unir-me a Ti na visão e louvor a DEUS no céu para sempre. Amém. 

Imprimatur: John M. Gannon, Bispo de Erie

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

São Miguel Arcanjo


“São Miguel Arcanjo “encontramo-lo na Sagrada Escritura sobretudo no Livro de Daniel, na Carta do Apóstolo São Judas Tadeu e no Apocalipse. Deste Arcanjo tornam-se evidentes nestes textos duas funções. Ele defende a causa da unicidade de Deus contra a soberba do dragão, da «serpente antiga», como diz João. É a perene tentativa da serpente de fazer crer aos homens que Deus deve desaparecer, para que eles se possam tornar grandes; que Deus é um obstáculo para a nossa liberdade e que por isso devemos desfazer-nos dele. (…) A outra função de Miguel, segundo a Escritura, é a de protetor do Povo de Deus (cf. Dn 10,21; 12,1).”
                                    
                                       -Bento XVI, 29 de Setembro de 2007-

domingo, 12 de setembro de 2010

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Oração a São Rafael Arcanjo



Oração a São Rafael pelos doentes

Fica conosco, ó Arcanjo Rafael, chamado “Medicina de Deus”!
Afasta para longe de nós as doenças do corpo e da alma e trazei-nos saúde e toda a plenitude de vida prometida por Nosso Senhor Jesus Cristo. Amém

Oração pelos viajantes

Ó Deus, que em Vossa inefável providência, Vos dignastes escolher o glorioso Arcanjo São Rafael para ser o companheiro de Vossos fiéis em suas viagens. Fazei que possamos ser sempre conduzidos e defendidos, contra todos os nossos inimigos, visíveis e invisíveis, em todos os caminhos que empreendemos em nossa vida e principalmente em nossa viagem do tempo para a eternidade. Por Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

São João Evangelista

Não são só as Sagradas Escrituras que vem nos revelar as aparições do Arcanjo São Miguel. A Igreja também reconhece outras aparições, sendo algumas festejadas com Missas e ofícios próprios.



São João Evangelista, começou seu trabalho de evangelização na Ásia Menor, após a Ascenção do Senhor Jesus ao Céu. Havia um cidade nesta região chamada Hierópolis, onde se tinha como deusa uma serpente. Após fervorosa e contínua oração de São João, a serpente morreu. O Ápostolo teve de fugir, pois foi perseguido, pelos sacerdotes do ídolo. São João foi para região de Chones, na Frígia, lá pregou e muitos se converteram. São João falou-lhes sobre os anjos e o nobilíssimo príncipe dos anjos, São Miguel, o qual fez brotar uma fonte nas portas da cidade, e todos doentes, tanto fiéis como pagãos, que invocavam a sua proteção e faziam o sinal-da-cruz, na mesma hora ficavam curados, o fato se espalhou por várias regiões.

Havia um homem, que tinha uma filha muda. Certa noite, São Miguel apareceu-lhe em forma humana e disse: "Conduze a tua filha à fonte dos cristãos e acredita na onipotência do seu Deus, que a tua fé será recompensada". Cheio de esperança e de temor, foi com a filha até a fonte, e lá perguntou o que deveria fazer. Eles disseram: "É em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo e pela intercessão de São Miguel que nós usamos desta água". O homem repetiu essas palavras, e a filha começou a falar e a fé iluminou a sua alma e a de seu pai. Os dois pediram o batismo. Em forma de gratidão e para testemunhar o milagre, o homem mandou edificar junto a fonte uma igreja. um cristão jovem, que seguia a vida eremita ficou como guardião desse santuário.

Os adoradores da serpente, tentaram destruir o santuário, rompendo os diques que continhan os rios que por ali passavam, quando o guardião do santuário escutou o barulho, clamou a Deus dizendo:" Senhor,a Vossa onipotência comanda e rege os abismos do mal. Vós podeis salvar o templo do Vosso arcanjo", e São Miguel veio em seu socorro para combater o inimigo, e disse ao eremita: "Não temais, o inferno não pode nada contra nós", o Arcanjo traçou sobre as águas o sinal-da-cruz e estas no mesmo instante se acalmaram e mudaram seu curso. São Miguel pediu ao eremita que continuasse a chamar todos que estivessem doentes, não só fisicamente, mas também doentes da alma, a traçar sobre si o sinal-da-cruz, e assim alcançar a cura que necessitassem.

Este acontecimento, é comemorado no dia 6 de setembro, pela Igreja Oriental, com Missa e ofícios próprios.

Fontes: Pela Fé - São Miguel Arcanjo - Blog

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Terço a São Miguel ou Coroa Angélica

  Esta devoção foi ensinada e pedida pelo próprio Arcanjo à serva Antónia de Astónaco, em Portugal A devoção passou para outros países, foi aprovada por muitos bispos e até pelo Santo Papa Pio IX, que a enriqueceu de indulgências, em 08 de Agosto de 1851.



MODO DE REZAR


1º - Pela intercessão de São Miguel Arcanjo e do Coro Celeste dos Serafins, o Senhor nos faça dignos do fogo da perfeita caridade.

Oferece-se um Pai Nosso e Três Ave Maria

2º - Pela intercessão de São Miguel Arcanjo e do Coro Celeste dos Querubins, o Senhor nos conceda a graça de trilharmos a estrada da perfeição cristã.

Oferece-se um Pai Nosso e Três Ave Maria

3º - Pela intercessão de São Miguel Arcanjo e do Coro Celeste dos Tronos, o Senhor nos conceda o espírito da verdadeira humildade.

Oferece-se um Pai Nosso e Três Ave Maria

4º - Pela intercessão de São Miguel Arcanjo e do Coro Celeste das Dominações, o Senhor nos dê a graça de podermos dominar os nossos sentidos.

Oferece-se um Pai Nosso e Três Ave Maria

5º - Pela intercessão de São Miguel Arcanjo e do Coro Celeste das Potestades, o Senhor nos guarde das traições e tentações do demónio.

Oferece-se um Pai Nosso e Três Ave Maria

6º - Pela intercessão de São Miguel Arcanjo e do Coro Celeste das Virtudes, o Senhor nos conceda a graça de não sermos vencidos no combate perigoso das tentações.

Oferece-se um Pai Nosso e Três Ave Maria

7º - Pela intercessão de São Miguel Arcanjo e do Coro Celeste dos Principados, o Senhor nos dê o espírito da verdadeira e sincera obediência.

Oferece-se um Pai Nosso e Três Ave Maria

8º - Pela intercessão de São Miguel Arcanjo e do Coro Celeste dos Arcanjos, o Senhor nos conceda o dom da perseverança na fé e boas obras.

Oferece-se um Pai Nosso e Três Ave Maria

9º - Pela intercessão de São Miguel Arcanjo e do Coro Celeste dos Anjos, o Senhor nos conceda que estes espíritos bem-aventurados nos guardem sempre, e principalmente na hora da nossa morte.

Oferece-se um Pai Nosso e Três Ave Maria
No final reza-se nas quatro contas grandes:

Um PAI Nosso ... (em honra de São Miguel Arcanjo)



Um PAI Nosso ... (em honra de São Gabriel)



Um PAI Nosso ... (em honra de São Rafael)



Um PAI Nosso ... (em honra do nosso Anjo da Guarda)

Antífona

Glorioso São Miguel Arcanjo Arcanjo, o primeiro entre todos os Anjos, defensor das almas, vencedor do Demónio, vós que estais junto da glória de Deus e, depois de Nosso Senhor Jesus Cristo, sois admirável protector nosso, dotado de sobre-humana excelência e fortaleza, dignai-vos alcançar de Deus que sejamos livres em cada dia no serviço do nosso Deus. Rogai por nós, ó Bem-aventurado São Miguel Arcanjo, príncipe da Igreja de Jesus Cristo. Para que sejamos dignos das promessas do mesmo Senhor. Amen.

Oração Final

Onipotente e sempiterno Deus que, por prodígio da Vossa bondade e misericórdia, elegestes para príncipe da Vossa Igreja o gloriosíssimo Arcanjo São Miguel Arcanjo, com o fim da comum salvação das almas, nós Vos rogamos que nos façais dignos de sermos, por sua benéfica protecção, libertos de todos os nossos inimigos, de sorte que nenhum deles possa molestar-nos na hora da nossa morte, mas antes nos seja dado que o mesmo Arcanjo nos conduza à presença da Vossa excelsa e divina Majestade. Pelos Merecimentos de Jesus Cristo, nosso Senhor. Amen.

Oferecer um Pai Nosso, Avé Maria e Glória aos Anjos da Guarda das pessoas a quem tenhamos ofendido ou escandalizado.

domingo, 5 de setembro de 2010

O Protetor da Infância

Arcanjo São Gabriel


Ó boníssimo, fidelíssimo e santo Arcanjo Gabriel, vós que recebestes de DEUS a missão de guardar Nossa Senhora e também, ao lado dela, de velar pela santa infância de JESUS, sede o guia de todos os pais, o protetor de todas as crianças desde o seio materno.
Fazei-nos compartilhar de vossas luzes, enchei-nos da Divina Sabedoria e do Celeste Amor, a fim de que compreendamos e acompanhemos bem as almas cuja educação nos foi confiadas.
Dignai-vos conduzir e proteger os órfãos, as crianças e os jovens, especialmente aqueles que sofrem.
Amém.
                                               ( Marie-Gabrielle)
Fonte: São Gabriel, "Força de Deus". Orações. Editora Divina Misericórdia/2000. 

sábado, 4 de setembro de 2010

Oração à Nossa Senhora

Nossa Senhora Rainha dos Anjos

Hoje é o primeiro sábado do mês de setembro, e dedicamos os sábados a Nossa Senhora, especialmente os primeiros sábados, em reparação pelos pecados cometidos contra o Imaculado Coração de Maria.


Uma das tarefas deste primeiro sábado é a meditação dos Mistérios do Santo Rosário.
Ó Mãe de DEUS, enviai vossos Anjos para defender-nos e afastar para longe de nós o cruel inimigo. Amém.

Mistério Gososo

1º Mistério - A ANUNCIAÇÃO DO ARCANJO GABRIEL A NOSSA SENHORA


A Encarnação de Jesus – Lc 1, 26-38

ORAÇÃO:

Nós vos oferecemos Senhor Jesus, esta dezena em honra de Sua Encarnação, e vos pedimos, através deste Mistério e pela intercessão de Sua Santíssima Mãe, uma profunda humildade.

Escritura:

“... O Anjo Gabriel enviado de Deus a uma virgem prometida a um homem chamado José, da casa de Davi; e o nome da Virgem era Maria. E o Anjo lhe disse: “Ave, cheia de Graça, o Senhor é contigo, Bendita sois vós entre as mulheres... eis que conceberás e darás a luz um filho; e lhe darás o nome de Jesus... E Maria disse: “Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra.”

Meditação:

O amor de Deus desceu sobre toda a humanidade e o poder da Luz de Deus veio a Maria. É em Maria que a Palavra (o verbo) se fez Carne (realiza-se em Maria a Encarnação do Verbo), e pela intercessão de Maria que recebemos as graças com a qual Ele deseja nos visitar. No Coração de Maria, abramos nossos corações para receber com fé o Amor que Ele deseja derramar em nossas almas.

Reflexão:

Que queres de mim? É a um coração assim que Deus nos envia Suas torrentes de graça, primeiro pelo Coração de Maria, e também a nós através da mensagem dada em Fátima. Todos somos chamados a dar o nosso coração a Deus perguntando-Lhe: “Que queres de mim? Deixe-O entrar.

Oração:

As Graças do Mistério da Encarnação desça sobre minha alma e me dê o verdadeiro Dom da humildade.


Fonte: APOSTOLADO MUNDIAL DE FÁTIMA.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Pequenas Orações aos Arcanjo


I
"S. Miguel Arcanjo, protegei-nos no combate,
cobri-nos com o vosso escudo contra os embutes e ciladas do demónio.
Que Deus lhe impere, instantemente o pedimos. E vós, príncipe da Malícia Celeste, pelo poder divino, precipitai no inferno a Satanás e aos seus espíritos malignos,
que vagueiam pelo mundo para perder as almas! Assim Seja!"
(Composta pelo Papa Leão XIII em 1884 e, por sua determinação, era recitada depois da Santa Missa)


II
"Ó Deus, que entre os outros Anjos escolhestes o Arcanjo Gabriel
 para anunciar o mistério da Vossa Encarnação,
 concedei-nos propício que, havendo celebrado a sua festa na terra,
experimentemos o seu patrocínio no Céu. Amen! "
(antiga oração de Colecta da Missa de 24 de Março, festa de S. Gabriel)


III
"Ó Deus, que designastes o Arcanjo Rafael para guia do Vosso servo Tobias,
concedei-nos a nós, que somos Vossos servos,
a graça de sermos sempre protegidos por ele e fortalecidos com o seu auxilio. Amen!"
(antiga oração de Colecta na Missa de 24 de outubro, festa de S. Rafael).



quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Os três Arcanjos

No mês de setembro a Igreja comemora no dia 29 a festa dos Arcanjos Miguel, Gabriel e Rafael.
No nosso blog iremos dedicar este mês narrando um pouco do que a Igreja nos ensina sobre estes Arcanjos.
  

 A Igreja Católica, guiada pelo Espírito Santo, herdou do Antigo Testamento a devoção a estes amigos, protetores e intercessores que do Céu vem em nosso socorro pois, como São Paulo, vivemos num constante bom combate.
A palavra "Arcanjo" significa "Anjo principal". E a palavra "Anjo", por sua vez, significa "mensageiro".

São Miguel

O nome do Arcanjo Miguel possui um revelador significado em hebraico: "Quem como Deus". Segundo a Biblia, ele é um dos sete espíritos assistentes ao Trono do Altíssimo, portanto, um dos grandes principes do Céu e ministro de Deus.
No Antigo Testamento o profeta Daniel chama São Miguel de príncipe protetor dos judeus, enquanto que, no Novo Testamento ele é o protetor dos filhos de Deus e de sua Igreja, já que até a segunda vinda do Senhor estaremos em luta espiritual contra os vencidos, que querem nos fazer perdedores também.

"Houve então um combate no Céu: Miguel e seus anjos combateram contra o dragão. Também o dragão combateu, junto com seus anjos, mas não conseguiu vencer e não se encontrou mais lugar para eles no Céu". (Apocalipse 12, 7-8)


São Gabriel

O nome deste Arcanjo, citado duas vezes nas profecias de Daniel, significa "Força de Deus" ou "Deus é a minha proteçãoo". É muito conhecido devido a sua singular missão de mensageiro, uma vez que foi ele quem anunciou o nascimento de João Batista e, principalmente, anunciou o maior fato histórico:

"No sexto mês, o Anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré... O anjo veio à presença de Maria e disse-lhe: 'Alegra-te, ó tu que tens o favor de Deus'..." a partir daí, São Lucas narra no primeiro capítulo do seu Evangelho como se deu a Encarnação.


São Rafael

Um dos sete espíritos que assistem ao Trono de Deus. Rafael aparece no Antigo Testamento no livro de Tobit.

"Tobias foi à procura de alguém que o pudesse acompanhar e conhecesse bem o caminho. Ao sair, encontrou o Anjo Rafael, em pé diante dele, mas não suspeitou que fosse um Anjo de Deus" (Tob 5,4).

Este arcanjo de nome "Deus curou" ou "Medicina de Deus", restituiu à vista do piedoso Tobit e nos demonstra que a sua presença, bem como a de São Miguel e São Gabriel, é discreta, porém, amiga e importante.

São Miguel, São Gabriel e São Rafael, rogai por nós!

Fonte: santo .do dia - Canção Nova

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

O Santo Anjo e a Modéstia

Sabemos que os santos Anjos querem nos ajudar a crescer na vida virtuosa, e a modéstia, também no nosso modo de vestir, faz parte da vida virtuosa. Mas essa ajuda só será possível se deixarmos que eles ajam em nós, ou seja, dando-lhes abertura, invocando-os e suplicando sua ajuda celeste.





A modéstia é uma virtude que governa os movimentos exteriores do corpo e sua aparência. Segundo São Tomás de Aquino: “os movimentos exteriores são sinais das disposições interiores” (Sum. Theo. IIa-IIæ, Q. 168, Art. 1). Portanto os Anjos podem e querem nos ajudar a crescer nessa virtude tão ferida nos dias de hoje.
Lendo a palavra de Deus contemplamos a parábola do banquete nupcial onde nosso Senhor nos ensina que para entrarmos no céu precisaremos de uma veste nupcial ( Mt 22, 1-14), podemos imaginar então que os nossos anjos querem nos ajudar a “confeccionar” esta veste nupcial e assim entrarmos juntos no céu, eterno banquete. Mas já aqui na terra podemos viver conscientemente unidos com esses servidores e mensageiros do Deus Altíssimo, nos esforçando para viver uma vida digna do Senhor, agradando-lhe em tudo, frutificando em toda boa obra e crescendo no conhecimento de Deus (Cl 1,10). Logo, esta vida que aspiramos nos exige que nossas roupas revelem a grandeza da nossa vocação, pois todos são chamados a uma única vocação: a santidade. “Pois Deus não nos chamou para a impureza, mas sim para a santidade” (1Ts 4,7).
Os santos Anjos vêm em nosso auxílio e nos ajudam a viver a pureza do coração, pois só assim com eles veremos a Deus. ( Mt 5, 8). “E a pureza do coração exige o pudor, que é paciência, modéstia e discrição” (Catecismo da Igreja Católica n. 2533).
O mesmo Catecismo, citando S. Basílio, também afirma que “cada fiel é ladeado por um anjo como protetor e pastor para conduzi-lo à vida” (n. 336), e isso é baseado na Escritura que diz: “Pois ele dará ordem a seus anjos para te guardarem em todos os teus passos. Em suas mãos te levarão para que teu pé não tropece em nenhuma pedra” (Sl 90,11-12). Se, portanto ao nosso lado está um anjo particular que nos protege e guarda de todo mal, sem dúvida ele quer nos livrar do mal da imodéstia no vestir que tanto, hoje em dia, ofende nosso Deus e, é claro, também seus anjos, nossos amigos celestes.

"Olhai como veste a Mãe do Nosso Senhor!"



Lembremo-nos sempre da presença amorosa e cheia de paciência para conosco, e também não esqueçamos que o nosso Santo Anjo da Guarda quer que sejamos santos e que colaboremos com a santidade dos nossos irmãos que nos cercam, por isso, é importante vigiarmos no que nós estamos vestindo. E que os anjos nos livrem das insinuações dos espíritos impuros que não cansam de mostrar e propagar as roupas imodestas.



Fonte: vidaemodestia.com.br

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Os Santos Anjos no Novo Testamento

Não são poucos os episódios da vida de Jesus nos quais os Anjos exercem uma função especial. 
Na Sagrada Escritura encontramos diversas passagem.



Temos:
O Anjo Gabriel anuncia a Maria que conceberá e dará à luz o Filho do Altíssimo (cf. Lc 1,26-38) e, de modo parecido, um Anjo revela a José a origem sobrenatural da maternidade da Virgem (cf. Mt 1,18-25); os Anjos levam aos pastores de Belém a alegre notícia do nascimento do Salvador (cf. Lc 2,8-14); o "Anjo do Senhor" protege a vida do Menino Jesus ameaçada por Herodes (cf. Mt 2,13-20); os Anjos servem a Jesus no deserto (cf. Mt 4,11) e o confortam na agonia (cf. Lc 22,43), anunciam às mulheres que se dirigiram ao túmulo de Cristo que ele "ressuscitou" (cf. Mc 16,1-8) e intervêm também na ascensão, para revelar aos discípulos o sentido dela e para anunciar que "Jesus [...] virá assim, do mesmo modo como o vistes partir para o céu" (At 1,11).

Os fiéis reconhecem a importância da advertência de Jesus para não desprezar um só dos pequeninos que crêem nele, "os seus anjos, no céu, contemplam sem cessar a face do meu Pai que está nos céus" (Mt 18,10), e da consoladora palavra segundo a qual "haverá alegria entre os Anjos de Deus por um só pecador que se converte" (Lc 15,10).

Enfim, eles sabem que "quando o Filho do Homem vier em sua glória, acompanhado de todos os anjos, ele se assentará em seu trono glorioso" (Mt 25,31) para julgar os vivos e os mortos e dar cumprimento à história.

Procure as passagens na Bíblia!

Uma santa leitura.

sábado, 28 de agosto de 2010

Os Santos Anjos no Antigo Testamento

Os fiéis não ignoram os numerosos episódios da Antiga e da Nova Aliança, nos quais os santos Anjos intervêm.

Os Santos Anjos no Antigo Testamento.


Os Anjos guardam as portas do paraíso terrestre (cf. Gn 3,24);
salvam Agar e seu filho Ismael (cf. Gn 21,17);
seguram a mão de Abraão que está pronta para sacrificar o filho Isaac (cf. Gn 22,11);
anunciam nascimentos prodigiosos (cf. Jz 13,3-7);
guardam os passos do justo (cf. Sl 91,11); louvam incessantemente o Senhor (cf. Is 6,I-4);
apresentam a Deus as orações dos Santos (cf. Ap 8,3-4).

 Também a intervenção de um Anjo em favor do profeta Elias, fugitivo e extenuado (cf. 1Rs 19,4-8);
de Azarias e dos seus companheiros jogados na fornalha (cf. Dn 3,49-50);
de Daniel preso na cova dos leões (cf. Dn 6,23).

É familiar a história de Tobias, na qual Rafael, "um dos sete anjos que assistem diante da claridade do Senhor e entram em sua presença" (cf. Tb 12,15), realiza vários serviços em favor de Tobit, do seu filho Tobias e de Sara, a mulher deste.

Estas são algumas passagens do Antigo Testamento que revelam a existência dos Santos Anjos, como também através de suas ações revela-nos os seus serviços.

Confira, abra a Bíblia e leia uma dessas passagens, contemple a Palavra de Deus!

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Santo Anjo da Guarda

Os Anjos em relação ao mistério de Cristo desempenham um papel importante em nossas vidas como cristãos, porque sempre o foco é Cristo.

Eles já estão ao lado como servos de Cristo e nos levam a Ele.

Apelamos aos Santos Anjos, e eles ajudam-nos na realidade desse mistério a avaliar mais profundamente e nos ajudam a compreender melhor nossa fé e vida. Não só ao nível da razão, mas realmente na vida diária como crentes a viver. Servem também como nosso protetor contra as ciladas do mal em nosso caminho para Cristo. Precisamos deles e devemos com mais freqüência chamá-los, com maior ousadia e confiança convidá-los a participarem de nossas vidas. Há muitas ocasiões em que os Santos Anjos nos ajudam, sem que saibamos, é a missão do Santo Anjo da Guarda.

Mas se perguntarmos a eles, se pedirmos a ele,muito mais, podem fazer por nós! Por exemplo:
 -Podemos chamá-los em nossas orações, para que possam inflamar nossos corações de amor por Jesus e Maria.
-Podemos chamá-los em nosso trabalho, em nossas tarefas ou na escola.
-Podemos pedir-lhes para proteger os nossos filhos ou para auxiliar-nos no emprego.
-Em difíceis relacionamentos humanos, os Anjos também exercem um papel poderoso para ajudar-nos como pacificadores.  Mas é preciso lembrar de pedí-los e colocá-los agindo diretamente em nossa vida!

Através da clara e sóbria linguagem da catequese, a Igreja ensina que "a existência de seres espirituais, não corporais, que a Sagrada Escritura chama habitualmente de Anjos, é uma verdade de fé. O testemunho da Escritura a respeito é tão claro quanto a unanimidade da Tradição" [CIC 328].

Segundo a Escritura, os Anjos são mensageiros de Deus, "heróis fortes que executam suas ordens, obedecendo sua palavra" (Sl 103,20), colocados a serviço do seu desígnio salvífico, "enviados a serviço daqueles que deverão herdar a salvação" (Hb 1,14).


O Santo Anjo da Guarda




“A função principal do Anjo da Guarda é iluminar-nos em relação à verdade e à boa doutrina. Mas sua proteção acarreta também muitos outros efeitos, tais como reprimir os demônios e impedir que nos sejam causados danos espirituais ou corporais”. Eles “rezam por nós e oferecem nossas preces a Deus, tornando-as mais eficazes pela sua intercessão (Apoc. 8, 3; Tob. 12, 12), sugerem-nos bons pensamentos, incitando-nos a fazer o bem (At. 8, 26; 10, 3ss). Do mesmo modo, quando nos infligem penas medicinais para nos corrigir (2 Sam. 24, 16): e mais importante que tudo quando nos assistem na hora da morte, fortalecendo-nos contra os supremos assaltos do demônio”.

Quando recebemos o nosso Santo Anjo?


O Anjo só passa a custodiar o novo ser depois que este sai das entranhas maternas. Isso porque, desde o momento da concepção até o do nascimento do novo ser, o Anjo da Guarda da mãe cuida também da nova criatura.

Temos necessidade da celeste proteção angélica. Nossa alma imortal está destinada a ser, de futuro, companheira dos Anjos e ocupar a seu lado, no Céu, um dos tronos deixados vazios pela queda daqueles puros espíritos que se rebelaram contra Deus, transformando-se em demônios. Tal necessidade sobretudo provém da própria humana fraqueza para atingir esse objetivo.